2012/08/27

[Resenha] Querido John - Nicholas Sparks

Título: Querido John
Título Original: Dear John
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 275
Ano: 2006
Editora: Novo Conceito
Sinopse: “Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.



O que você faria com uma carta que mudasse tudo? - Nicholas Sparks

Sem dúvida alguma, Nicholas Sparks é o homem que mais me fez chorar em todo o mundo. Cada livro dele que li me emocionou de alguma maneira diferente, com estórias que realmente emocionam e te tocam da maneira que poucos autores conseguem.

“E quando seus olhos encontraram os meus, senti um clique, como uma chave destravando um cadeado. Acredite, não sou romântico. Embora já tenha ouvido muito sobre amor á primeira vista, nunca acreditei nisso, e ainda não acredito. Mesmo assim, havia algo ali, real e reconhecível, e eu não conseguia desviar o olhar.”

Querido John foi o primeiro livro do Nicholas que li, e simplesmente me apaixonei. John é o tipo de cara que está em extinção, é super apaixonado por Savannah, do jeito que toda garota gostaria que seu namorado fosse. Logo de cara, também gostei de Savannah, mas como seria diferente com John colocando-a num pedestal o tempo todo, como se ela fosse a última mulher da face da terra. Mas também tenho que admitir, ela me decepcionou muito ao longo da estória. Tenho ódio eterno pelo que ela fez com John. Algumas pessoas me falam: "mas tem que entender o lado dela". Não, eu simplesmente não consegue entender o lado dela. 

Mas a decisão que ela toma é o que torna o livro especial. O modo como John a trata depois de tudo e o que ele faz por ela me fez chorar horrores durante o livro. Nicholas tem essa capacidade de nos deixar desidratada enquanto lemos seu livro. 

“Finalmente compreendi o que o verdadeiro amor realmente significa (…) O amor signifcava pensar mais na felicidade da outra pessoa do que na própria, não importa quão dolorosa seja sua escolha.”

John é, com certeza, um dos meus personagens de ficção preferidos. Eu consegui entender tudo que ele sentiu em todos os momentos, e apesar de morrer de raiva com algumas atitudes dele, eu o entendo. Ver as coisas do ponto de vista dele também ajuda. A narrativa é toda feita por John.

O trabalho da editora Novo Conceito também está maravilhoso com esse livro. Aliás, sou apaixonada por todos os lançamentos dessa editora. Esses romances "água com açúcar" são meu ponto fraco. 

Querido John  está na minha lista de livros que recomendo, e se você ainda não leu, leia! Não vai se arrepender. Se já leu, conta aqui nos comentários o que achou do livro.

"Reflito sobre essas coisas, e como sempre, nosso tempo juntos retorna á minha mente. Relembro como tudo começou, pois agora essas memórias são tudo o que me resta.“

Avaliação: 5 estrelas



0 comentários:

Search

Faça Parte!

Popular Posts